Um breve resumo dos acontecimentos relacionados com este movimento:

~ 1970

Primeiros relatos de dificuldades a circular na Rua dos Caminhos de Ferro.

 

2007:

Dezembro – Inauguração da Estação de Metro de Santa Apolónia, actualmente a estação-terminal da Linha Azul, que rapidamente se tornou uma ligação fundamental na articulação do Metro com a CP para quem vive e trabalha em Lisboa. Ao executar esta obra perdeu-se aqui a oportunidade de resolver este problema.

Estranhamente foi construída uma passagem inferior para passageiros, mas para o lado do Rio Tejo.

 

2008:

Outubro – o meu primeiro contacto com o problema.

 

2009:

Agosto – encerramento do acesso pedonal na zona da Carga-Expresso (Catering), que servia grande parte dos utilizadores das duas freguesias e que piorou as condições de acesso à estação ao conduzir mais utentes para a rua dos Caminhos de Ferro.

 

2010:

10 de Junho – Aparecimento de grafitti de um artista anónimo “entrada da estação”

15 de Setembro – Contacto com as entidades envolvivadas: Chefe da Estação, Junta de Freguesia de São Vicente de Fora, Junta de Freguesia de Santa Engrácia, Câmara Municipal de Lisboa, REFER, CP, Jerónimo Martins – Pingo Doce, Metropolitano de Lisboa.

15 de Outubro – Criação da conta twitter @stapoloniaorg para difundir as novidades no Twitter

20 de Outubro – Criação deste site em www.st-apolonia.org .

22 de Outubro – Criação da página no Facebook www.facebook.com/entradanorte .

28 de Outubro – Apresentação da Proposta Entrada Norte aos alunos da escola Nuno Gonçalves.

8 de Novembro – Distribuição de panfletos ‘Proposta Entrada Norte’ no local a decorrer entre as 6H00 e as 11H00 e depois entre as 17H00 e as 20h00.

9 de Novembro – Criação da Petição on-line.

27 de Novembro – Entrevista para o jornal “Público” por Inês Boaventura.

15 de dezembro – Artigo de destaque no Boletim Informativo “P’ra frente São Vicente!” da Junta de Freguesia” onde reiteram o apoio ao movimento.

 

2011:

10 de Janeiro - Colocação da faixa “Assine a petição em www.st-Apolonia.org”

2 de Fevereiro – Entrevista para o “Jornal de Notícias” por Cristiano Pereira.

7 de Fevereiro – Entrevista para a “Antena 1 – Portugal em Direto” por Lídia Cristo. Foi este o primeiro contacto directo com a REFER – Eng. Augusto Andrade onde declaram que estão disponíveis para abrir uma porta no muro.

10 de Fevereiro – Acção promocional “Fui à Estação e Sobrevivi” para recolha de fotografias  das condições precárias de acesso à estação.

22 de Fevereiro – Entrevista para a “RTP2 – Sociedade Civil” com Fernanda Freitas.

25 de Fevereiro – Entrevista para a “RTP1 – Portugal em Direto” por Vanda Freire.

26 de Março – E-mail da REFER a confirmar que ‘tudo segue o curso planeado e a Entrada Norte será aberta em breve”. Esta informação viria a ser desmentida 3 meses depois.

5 de Abril – Reunião na C. M. Lisboa, onde está presente o Arq. Pedro Moutinho e o Eng. Augusto Andrade (REFER) e é apresentado o projecto da obra a realizar no exterior do muro da estação, junto à entrada que será criada.

15 de Junho – Reunião com a Jerónimo Martins onde reiteram que estão dispostos a contribuir financeiramente caso seja necessário para ver realizada este obra.

20 de Setembro – Comunicação da REFER: Afinal não será criada uma Entrada Norte. Sem mais explicações.

15 de Novembro – Contactos com a C. M. Lisboa.

15 de Dezembro – Contactos com as Juntas de Freguesia.

 

2012:

6 de Março – Consulta Pública n’O Mirantense: “Abrir o muro ou mudar Rua dos Caminhos de Ferro para apenas um sentido?”. Neste debate a população tem a oportunidade de se pronunciar sobre qual a sua preferência e os prós e contras das duas opções. A alternativa de cortar o muro da estação é a que reúne maior concenso.

14 de Maio – Entrega de Requerimento no Parlamento por Michael Seufert (CDS-PP) onde interroga a REFER sobre se conheacesa Proposta Entrada Norte e porque razão prefere que outras soluções de custo mais elevado.

15 de Maio – Marcha dos Atropelados: uma centena de utentes reúne-se junto ao muro da estação de Santa Apolónia para protestar contra as condições de acesso. Perante a presença da PSP e da comunicação social, desfilamos ao longo dos 300 metros da rua dos Caminhos de Ferro.

15 de Maio – Notícia no jornal “Público”  por Marisa Soares.

15 de Maio – Entrevista “Antena 1″ por Lídia Cristo.

16 de Maio – Reportagem no jornal “A Bola” por Leonel Gomes.

16 de Maio – Reportagem na TVI “Jornal da Noite”.

24 de Maio – Entrega de proposta para o Orçamento Participativo 2012/2013, uma iniciativa da C. M. Lisboa para ouvir as sugestoes dos residentes.

26 de Maio – Resposta da REFER ao Requerimento entregue por Michael Seufert no Parlamento.

1 de Setembro – Projecto 95 do Orçamento Participativo passa a fase de avaliação técnica.

15 de Setembro – Inicio da votação dos projectos no Orçamento Participativo. A nossa proposta é o Projecto 95 – Melhoria da Acessibilidade à Estação de Santa Apolónia.

Leave a Reply